Perda dos dentes nos gatinhos

Quando nascem, os gatinhos não têm dentes visíveis. À semelhança dos humanos, os dentes não são essenciais no início da vida, já que o leite materno constitui a única fonte de energia e nutrientes e a amamentação é a melhor forma de alimentação. Por volta das 3 semanas, os "dentes de leite" do gatinho (dentição decídua) começam a despontar. Esses dentes têm várias funções. São necessários para começar a mastigar comida sólida, mas também para aprender a caçar as presas e brincar/lutar com os irmãos de ninhada. Visto que o maxilar do gatinho não tem espaço de raiz para a dentição adulta (em termos de número e tamanho dos dentes), a dentição de leite é naturalmente substituída pela permanente quando os maxilares atingem o tamanho adulto, daí resultando a perda de dentes do gatinho.

Os dentes têm diversas funções importantes, como prender a presa e os alimentos, rasgá-los em pedaços e mastigar, sendo igualmente úteis para autodefesa.

Os gatos têm quatro tipos diferentes de dentes:

  • 1) Incisivos (os dentes frontais muito pequenos). Os gatos têm 12 incisivos no total (6 na mandíbula superior e 6 na mandíbula inferior)
  • 2) Caninos (os dentes compridos e pontiagudos). Dois caninos situam-se na mandíbula inferior e dois na superior.
  • 3) Pré-molares (os dentes situados entre os caninos e molares). Os gatos devem ter 6 pré-molares na mandíbula superior (três de cada lado) e 4 na inferior (dois de cada lado).
  • 4) Molares (os dentes na parte posterior da boca). Dois molares situam-se na mandíbula inferior e dois na superior.

Cronologia da erupção da dentição de leite:

Erupção dos incisivos Erupção dos caninos Erupção dos pré-molares Todos os dentes de leite irrompem (exceto os molares, que nascem durante a infância tardia ou mesmo durante a idade adulta precoce)
Seman  Seman Seman    Seman

Se encontrar um dente de leite do seu gatinho no chão ou na cama do animal, não se preocupe: a queda deve-se ao início da transição da dentição de leite para a adulta (dentição permanente). Durante o processo de dentição, os 26 dentes de leite do gatinho são gradualmente substituídos pelos 30 dentes de adulto (NB: os molares irrompem diretamente como dentes permanentes).

A duração do processo pode variar consoante o animal, mas geralmente a perda dos dentes começa por volta dos 3 meses de idade e termina aproximadamente aos 9 meses. O processo de crescimento dos dentes é estimulado roendo brinquedos e brincando/lutando com outros gatinhos.

Numa primeira fase, a dentição de adulto desenvolve-se a partir de brotos de dentes situados nas mandíbulas superior e inferior. Os dentes de adulto crescem e pressionam as raízes da dentição decídua para conseguirem despontar através das gengivas, provocando a queda dos dentes de leite. Muitas vezes, os dentes de leite caem quando o gatinho está a comer, sendo engolidos com a comida.

Alguns sinais indicadores do processo de dentição incluem:

  • - baba
  • - relutância em comer
  • - urgência em mastigar
  • - gengivas doridas
  • - irritabilidade aumentada (devido às dores nas gengivas)

O que posso fazer para cuidar do meu gatinho nesta fase?

Durante esta fase delicada:

  • - tenha cuidado ao brincar com o gatinho: não puxe os brinquedos que ele tiver presos na boca
  • - evite lavar-lhe os dentes durante essa fase para o animal não associar a escovagem dos dentes a uma sensação dolorosa.
  • - Alimente-o com ração húmida para não ter de mastigar ou, em alternativa, dê-lhe croquetes humedecidos com água

Conclusão

Ao alimentar o seu gatinho com a alimentação seca PRO PLAN Junior, proporciona-lhe todos os nutrientes necessários para um crescimento saudável, incluindo a quantidade adequada de minerais para uma dentição robusta.

Ajudar o seu gatinho a crescer saudavel

DESCUBRA O ALIMENTO PRO PLAN® PARA O SEU GATO