Gatos com cio: Um manual

O comportamento dos gatos frequentemente depende das alterações em todos os tipos de fatores, como o habitat, a dieta e até mesmo as condições meteorológicas. Contudo, as hormonas são uma das maiores influência no humor, sendo que um gato com o cio altera quase completamente o seu comportamento. Se o seu gato ainda não estiver esterilizado, este artigo descreve as mudanças sofridas pelo gato durante os ciclos do cio, ajudando a identificar a época de acasalamento do animal. Consulte a lista fornecida abaixo para obter informações sobre os potenciais comportamentos dos gatos durante o cio.

Factos sobre o cio nos gatos

Visto que cada gato é único, as reações diferem entre indivíduos, por isso, vamos primeiro constatar os factos incontestáveis. O "cio" corresponde ao período fértil do ciclo reprodutivo das gatas. É a época em que o seu gato procura ativamente um parceiro, dado que se encontra na altura biologicamente determinada para procriar.

O cio dura entre sete e dez dias por ciclo, sendo que cada ciclo se pode manifestar em intervalos de duas a três semanas. Os gatos podem manifestar ciclos de cio em qualquer altura ao longo do ano, contudo, muitas vezes os ciclos são interrompidos durante os dias mais curtos do inverno, devido à redução da luz natural. Os ciclos de cio começam quando o gato está sexualmente maduro, o que pode acontecer por volta dos quatro meses (especialmente em certas raças "precoces", como os gatos siameses e burmeses), apesar de a média para a ocorrência do primeiro cio ser entre os seis e dez meses.

Alterações durante o cio nos gatos

Segue-se uma lista das alterações comportamentais evidenciadas pelos gatos durante o cio; tenha em atenção que o primeiro cio na fêmea é geralmente muito discreto, sendo difícil ocorrer gestação, a menos que não tenha tido os cuidados devidos:

  • • Comportamento afetuoso: o animal pode esfregar-se nas pessoas e nos objetos
  • • Contudo, o comportamento agressivo também pode ser um indicador! Os gatos podem rebolar pelo chão e morder ou arranhar se alguém se aproximar
  • • O gato pode tornar-se mais vocal, emitindo diversos sons de chamamento para atrair um parceiro. Os chamamentos podem soar alarmantes, como se o animal estivesse com dores.
  • • Se o seu gato for doméstico, pode tentar sair de casa. É normal que se movimente junto das janelas. Assegure que entra e sai de casa rapidamente para evitar que o gato saia disparado pela porta.
  • • Toda a postura do animal pode mudar. Provavelmente, a gata põe a cauda para o lado e levanta o rabo, por vezes erguendo e baixando o corpo com as patas traseiras.
  • • Por fim, é normal os genitais incharem, pelo que a gata pode lamber a área circundante.

O que pode fazer

É importante o dono compreender o estado emocional do gato durante o cio. Consulte o veterinário se o comportamento da gata se tornar difícil ou perigoso, sendo o mais importante tratá-la com carinho durante essa fase.

Lembre-se, se a gata não for esterilizada, é muito provável que emprenhe. Os gatos devem ser sempre esterilizados, a menos que o dono tencione fazer criação. Uma gata não esterilizada pode ter três ninhadas num ano e até 3500 descendentes durante a vida.

Como desparasitar o seu gato

DESCUBRA O ALIMENTO PRO PLAN® PARA O SEU GATO