Problemas dermatológicos dos gatos

Os gatos são muito atreitos a problemas dermatológicos, que podem ser provocados por parasitas, alergias, infeções fúngicas ou bacterianas, tumores e doenças sistémicas. A pele do gato pode ser rosada ou preta, consoante a pigmentação própria da raça ou o histórico genético individual. Deve apresentar-se livre de crostas, comichão, escamação, manchas pretas/brancas, massas ou excrescências, bem como áreas inflamadas ou infetadas. A pelagem deve ser macia e brilhante, sem sinais de pelo espigado, peladas ou caspa. Os gatos podem largar pelo durante todo o ano, mas a queda é mais frequente no verão e no outono (muda de pelo), logo, é necessário escovar o gato frequentemente e, claro, investir num aspirador de qualidade. Algumas raças requerem escovagem regular, especialmente as raças de pelo longo.

Pele seca nos gatos

A pele do gato pode ser afetada pelo ambiente doméstico. Uma temperatura elevada pode tornar a pele seca e atreita a comichão. Contudo, a menos que o gato se coce constantemente, é improvável que a pele seca desenvolva para um problema grave de saúde. Consulte o veterinário sobre as formas de melhorar a pele do seu gato e considere a qualidade da alimentação.

Doenças dermatológicas parasitárias nos gatos

As pulgas, ácaros e carraças são problemas comuns na vida dos gatos. Consulte a secção em separado para obter mais detalhes sobre estes problemas dermatológicos específicos.

Alergias cutâneas nos gatos

Pode ocorrer uma reação alérgica se o gato for repetidamente exposto a um material que desencadeie tal reação, conhecido como alergénico. Esse processo envolve a produção de anticorpos pelo sistema imunitário, o que desencadeia uma série de eventos no organismo, provocando a libertação de substâncias inflamatórias causadoras de comichão. Se o gato for exposto a alergénicos, desenvolve coceira e inflamação da pele. Podem desenvolver-se lesões e infeções cutâneas, acompanhadas de perda de pelo.

Existem diversas substâncias que podem funcionar como alergénicos e provocar uma alergia de pele, também chamada de dermatite alérgica. Entre elas, incluem-se:

  • • Os alergénicos inalados, incluindo bolores, pólenes e pó doméstico.
  • • As alergias às pulgas, sendo que os gatos são alérgicos à saliva presente na picada de pulga.
  • • As dermatites de contato, provocadas pela exposição da pele a substâncias irritativas, como sabão, pulverizadores ou químicos domésticos e de jardinagem, coleiras contra pulgas, penas ou lã.
  • • As alergias alimentares, nos casos em que o animal é alérgico a uma das proteínas presentes na ração.

Diagnóstico de alergias cutâneas

Muitas vezes, é necessária uma consulta no veterinário para diagnosticar a causa da alergia de pele. Aquando da consulta, forneça ao veterinário um historial completo dos sintomas do seu gato, incluindo em que altura do ano os sinais alérgicos se manifestam. Antes de determinar a origem do problema do animal, o veterinário analisa, se não todas, muitas das causas acima referidas. Em algumas instâncias, a alergia pode dever-se a uma combinação desses fatores; na decisão do melhor procedimento para cada caso específico, pesa a redução do impacto de alguns ou de todos os fatores. Em casos graves, o veterinário pode recomendar testes dermatológicos para ajudar a determinar a causa exata da reação alérgica.

Se a origem do problema dermatológico for alimentar, o gato pode também manifestar sinais de transtorno gastrointestinal. Nesse caso, é importante considerar a dieta do animal e tentar isolar as possíveis causas. Pode obter mais informação sobre o assunto aqui.

Tratamento de alergias cutâneas

É possível que o veterinário recomende uma série de tratamentos para ajudar a gerir a alergia de pele e aliviar os sintomas do seu gato. Neles incluem-se a medicação, as dietas terapêuticas e o tratamento comportamental. Estas abordagens podem ser administradas isoladamente ou em combinações diferentes.

As alergias de pele podem ser muito desconfortáveis para o animal e demorarem imenso tempo a curar, muitas vezes exigindo uma gestão de longo prazo. No entanto, a maioria das condições pode ser solucionada e gerida com resultados positivos, para o benefício de um gato saudável e satisfeito.

Alergias alimentares nos gatos

DESCUBRA O ALIMENTO PRO PLAN® PARA O SEU GATO